Trauma como bloqueio

Trauma como bloqueio

As pessoas na vida podem passar por traumas como abandono, rejeição, maus tratos ou abuso. Outras, por sua vez, são superprotegidas a ponto de não conseguirem fazer nada por conta própria. É justamente o sentido que cada pessoa dá a essas situações que resulta na construção de padrões e bloqueios comportamentais e emocionais.

Estímulos positivos estimulam o desenvolvimento e o crescimento e permiti o controle das emoções e a escolha de comportamentos conscientes

Estímulos negativos podem ser bloqueados pelo inconsciente, que tenta preservar o indivíduo por meio de um bloqueio emocional.

O bloqueio emocional é um mecanismo de defesa no qual o inconsciente oculta memórias de dor para evitar o sofrimento.

A dor não deixa de existir: ela passa a se manifestar de maneira inconsciente, refletindo negativamente na vida da pessoa sem que ela perceba.

Essas emoções reprimidas transformam-se em doenças e padrões limitantes que podem levar a vida ao fracasso. Dificuldade para se relacionar, consolidar a carreira, emagrecer, ter estabilidade financeira ou até mesmo se manter saudável. As pessoas passam anos lutando contra doenças e problemas que não conseguem resolver, e provavelmente carregam algum bloqueio emocional que os leva aos mesmos erros e fracassos.

Todos carregamos algum tipo de bloqueio emocional, mesmo que seja apenas uma interpretação distorcida de alguma situação vivida na infância. Para se libertar desse padrão, é importante descobrir sua origem e ressignificar as experiências negativas e traumáticas. 

O seu corpo está sempre mandando sinais, não só de um possível bloqueio emocional, como de outras situações que acontecem na sua cabeça. Mas, em específico com o bloqueio, você precisa ter cuidado com a frequência, pois em algum momento isso pode gerar uma doença física no seu corpo. 

CUIDADO: você pode achar que o seu bloqueio emocional sempre é culpa dos outros, porém tente fazer um exercício de autoconhecimento. Procure observar quem você é de verdade, quais são as suas fraquezas, quais os pontos positivos que você apresenta, enfim. Procure saber de fato quem é você.

Adicione um Comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.